Unidade Sanitária de Base, Fitness Park, Park Infantil e Espaço Jovem colocam a Ribeira dos Flamengos na senda do desenvolvimento que São Miguel está a conhecer, dando resposta às solicitações dos munícipes desta localidade.

Para o Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que presidiu os atos de inaugurações, estas são infraestruturas de crucial importância, tendo em conta a proximidade com a população, a promoção da saúde e do bem-estar, bem assim expressam a profícua parceria entre a Câmara Municipal e o Governo, que têm trabalhado com as pessoas e para as pessoas.

Para o edil Herménio Fernandes é uma satisfação enorme perceber o agrado dos munícipes face à concretização destes projetos. São infraestruturas modernas, inclusivas (com rampas de acesso), colocadas à disposição da população da Ribeira dos Flamengos, desde crianças, jovens e menos jovens.

Herménio Fernandes destacou ainda a amizade e cooperação dos parceiros internacionais. As ONG´s Luxemburguesas CVED e PSF que financiaram o Fitness Park e espaço jovem e a Câmara Municipal de Amadora, Portugal, que ofereceu o Park Infantil para as nossas crianças.

Da delegacia de saúde local, o Delegado substituto Doutor Pedro Monteiro, transmitiu os votos de agradecimentos e regozijo pelo trabalho de reabilitação das Unidades Sanitárias de Base, enquanto instrumento importante que permitirá levar os cuidados primários de saúde às populações.

Da população foi transmitida a alegria de receber essas infraestruturas que transformam a ribeira de Flamengos numa grande centralidade e num espaço melhor para se viver.

O município de São Miguel recebeu mais um autocarro destinado ao transporte dos estudantes do concelho, esta que é uma oferta do município da Batalha, Portugal, fruto do protocolo de parceria e amizade entre os dois municípios. 

Há 3 anos que o executivo camarário estabeleceu a educação como uma das prioridades, e desde então desenvolveu um sistema de transporte eficiente, contando hoje com 5 autocarros, que tem dado resposta às solicitações dos micaelenses. 

Se em 2016 a taxa de abandono escolar era de 15%, em 2018, resultante dos esforços e investimentos feitos, esta taxa diminuiu para 5%. Herménio Fernandes realça que, com o transporte escolar gratuito para os alunos do 7º e 8º anos, e um pagamento de 50% para os alunos a partir do 9º ano, transfere-se rendimento às famílias e, consequentemente, proporciona-se bem-estar às mesmas. 

Esta cerimónia enquadra-se numa visita de 5 dias da comitiva da Batalha, formada pelo seu presidente, vereadores e empresários, na qual prevê-se o reforço dos laços de amizade e cooperação entre os dois municípios.

A obra financiada pelo fundo ambiente no valor de 7 500.033$00, advém da necessidade de se criar um espaço de excelência para o debate sobre questões ambientais de forma crítica e participativa. Com equipamentos e mobiliários para atender os estudantes e outras pessoas que participam das atividades realizadas pelo centro.

O centro atende, quotidianamente, pessoas, que utilizam sua biblioteca e seus recursos multimédia para fins de pesquisas e troca de informações. Todos compartilhando um espaço que possibilitará a troca e a aquisição do conhecimento por meio de debates, reflexões, dinâmicas e atividades práticas, disseminando informações relacionadas à temática ambiental.

O objetivo último, segundo o Presidente Herménio Fernandes, é preservar o meio ambiente, formar gerações e transformar São Miguel num município limpo, agradável e com melhor qualidade de vida. 

O Ministro de Agricultura e Ambiente, que presidiu o ato, no seu discurso parabeniza a iniciativa do presidente da Câmara Municipal, realçando que constitui o exemplo para os outros municípios, “o centro de educação ambiental, se for desenvolvida as atividades que concorram para o fortalecimento das ações que são desencadeadas por todos os cidadãos, para a consciencialização ambiental, rapidamente se verifica a diferença a nível do Município” indica o Doutor Gilberto Silva.

O projeto beneficiará todos os moradores ou não do concelho de São Miguel, como também turistas que visitam o concelho por razões ambientais. O CEA vai beneficiar diretamente os alunos de todas as escolas de São Miguel, sobretudo em questões de educação ambiental.

À margem desta inauguração, o município de São Miguel, homenageou a sua congénere da Batalha atribuindo o nome “Vila da Batalha” à rua que alberga o Centro da Educação Ambiental, a Biblioteca Municipal e Casa das Artes. Um ato que, para o Presidente da Batalha, muito os honra e só confirma as boas relações de parceria e amizade entre os dois municípios.

É um conjunto de oportunidades que o Governo de Cabo Verde, através do IEFP, FPEF, CERMI, Escola de Hotelaria e Turismo, NOSI, põe à disposição dos jovens para garantir o acesso à formação, ao estágio remunerado e consequente inserção no mercado laboral ou criação do seu próprio negócio. Por agora, são um total de 320 vagas destinadas aos jovens de São Miguel, sendo 200 para estágios profissionais e 120 para formação profissional.

É nesta perspetiva que o Vice-Primeiro Ministro, Olavo Correia, estabelece a meta de abranger 5 mil jovens, e para isso, “não podemos aceitar que restrições financeiras familiares sejam impedimentos para a formação dos jovens. Não vai haver problemas de recursos financeiros para educação e formação. Há vários programas que o Governo tem disponível para apoiar os jovens para formação bem como aqueles que querem empreender”, destaca.

Olavo Correia desafiou os jovens a serem pró-ativos, a dar o máximo a cada dia na sua vida, pelo seu município e pelo país. Finaliza com a convicção de que se todos nós cumprirmos o nosso dever de servidor público terremos um país extraordinário.

Durante a apresentação, os jovens puderam inteirar-se de todos os programas e formas de acesso ao financiamento, puderam conhecer as 5 ações de formação profissional que vão arrancar brevemente, contemplando 100 jovens de São Miguel, e ainda, a possibilidade de reconversão do currículo, com um programa direcionado à qualificação dos formandos, com novas valências voltadas para o mercado.

A abertura do evento coube ao Presidente da Câmara Municipal de São Miguel e o encerramento ao Vice-Primeiro Ministro, mas também contou com a presença do Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, bem como dos Presidentes do IEFP, CERMI, FPEF e Hotelaria e Turismo.