No âmbito da política de incentivo a prática do desporto no concelho, a Câmara Municipal tem apostado fortemente neste setor, mobilizando parcerias nacionais e internacionais para oferecer às escolas, clubes e associações cada vez mais e melhores condições para o desenvolvimento do desporto no concelho.

Neste sentido a edilidade, através da parceria com as ONG´s Luxemburguesas CVED e PSF, conseguiu aumentar o apoio para a presente época desportiva, para 2.100.000$00 (dois milhões e cem mil escudos), sendo que 1.170.000$00 (um milhão, cento e setenta mil escudos) corresponde ao subsídio financeiro e o restante em materiais.

Foram um total de 18 grupos beneficiados, entre escolas de formação, associações de atletismo, ciclismo e de dança que também foi incluída e clubes de futebol, andebol e basquetebol. Todos os grupos receberam Kits de materiais completos, constituído por bolas, coletes, cones, pratos, uniformes, ténis, legs, bicicleta, entre outros, distribuídos de acordo com a modalidade.


Os clubes em competição nacional receberam ainda um subsídio financeiro, sendo 150 mil escudos para cada um dos três clubes de futebol que estão na primeira divisão (AJAC, Flor Jovem e Desportivo) e 100 mil escudos, para os de 2ª divisão (Escola Esperança, ADEC e Associação Filhos de São Miguel Norte). Os dois clubes de andebol (ROCK e Vicentinos de Flamengos) e a equipa de basquetebol receberam 100 mil escudos cada e a Associação de Atletismo JAK (Jovens Atletas de Kadjeta) o valor de 120 mil escudos.

O momento serviu ainda para partilhar com todos grupos o regulamento de atribuição de subsídios que tem como principal propósito contribuir para uma melhor organização dos grupos levando-os a planificar e orçamentar as suas atividades e no final apresentar o relatório.