Carregado de beleza e história, o Centro Histórico e Cultural de Porto de Calheta é sem dúvida uma das obras mais emblemática do Município.

A renovação e valorização deste espaço de enorme importância histórica abrange a criação da primeira rua pedonal de Santiago Norte, espaços de lazer e atividades culturais, espaços verdes, parque infantil, casa do mar e disponibilização de internet gratuito, através da rede wi-fi, a todos os que visitam e frequentam este encanto de São Miguel.

Co-financiado pelo Governo de Cabo Verde, através dos fundos do ambiente e do turismo, e pela Câmara Municipal de São Miguel, o edil Herménio Fernandes ressaltou a dimensão desta obra e a importância do envolvimento dos parceiros, agradecendo ao Governo de Cabo Verde por mais esta cooperação.

Uma obra que, enfatiza Herménio Fernandes, “valoriza o concelho, a cidade e a nossa história. Um cartão-de-visita do município que vai atrair mais visitantes para o município, dinamizando o turismo, a atividade piscatória, a economia local e que será sobretudo um PALCO DA PROMOÇÃO DA CULTURA".

Aliás as atividades culturais têm dominado a comemoração do 21º Aniversário do Município e no dia da inauguração dum espaço da cultura, não podia ser diferente: literatura, arte e música prologaram noite dentro o dia que vai-se destacar na história do Concelho.

O momento foi também de homenagem, através de desenhos e atribuição de nomes às ruas dos pescadores e personalidades mais antigas que marcam a história de Porto de Calheta. Uma forma de perpetuar na nossa memória as figuras históricas do nosso concelho.

O ato foi presidente pelo Primeiro-Ministro de Cabo Verde, Dr. Ulisses Correia e Silva, testemunhado pelo Ministro da Agricultura e Ambiente, Ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Presidente da Associação do Turismo de Santiago, Deputados Nacionais e Municipais, Chefes do mais variados Serviços Desconcertados do Estado e munícipes que participaram em massa, manifestando a alegria em ver a maravilha em que se transformou o nosso Porto de Calheta.