Afirmava confiante o Presidente da CMSM no ato de lançamento da 1ª pedra para a requalificação urbana da vila de Achada do Monte e com a mesma confiança no ato de lançamento da 1ª pedra para a requalificação da orla marítima de Ponta Calhetona, enquadrados na comemoração do 20º aniversário do município.

Duas obras estruturantes para a construção do futuro que, a par das várias intervenções que estão sendo feitas nas diferentes localidades e bairros, vão mudar por completo a estética do município, tornando-o mais belo, mais aprazível, com qualidade de vida, segurança e bem-estar da população e por outro lado, vão contribuir para alavancar o setor turístico e a economia local. Enfatizava o edil micaelense.

A requalificação urbana da via principal da Vila de Achada do Monte dará um atenção especial a mobilidade e acessibilidade com intervenções na organização dos passeios, criação de espaços verdes e de lazer, colocação de novos e modernos candeeiros de iluminação pública, parque infantil e requalificação do largo do mercado incluindo um parking automóvel.

A requalificação da orla marítima de achada batalha contempla a instalação de um placar sinalética de boas vindas ao município e parking para automóveis, calcetamento e organização de passeios, criação de espaços de lazer e ilhéus separadoras com plantas, acesso a praia de batalha devidamente tratada, construção de muros de proteção e calçadão ao longo da orla marítima.

Estas duas obras vão rondar os 25 mil contos, sem contar as intervenções nas habitações, uma vez que, como já nos habituou esta equipa camarária, as intervenções nos espaços urbanos devem ser também juntamente com intervenções nas habitações para garantir a dignidade das famílias.

O município de São Miguel está em festa, comemora o seu 20º aniversário e para dar início às festividades a CMSM entregou, na tarde de ontem, uma habitação social totalmente acabada, com ligação à rede de esgoto, água e eletricidade e adaptada a um dos integrantes da família que é portador de deficiência.

Emocionada, a chefe da família beneficiada, relembrou os episódios em que era acudida pelos vizinhos, na época de chuva, agradecendo a todos pela solidariedade demonstrada ao longo dos anos e, em particular à Câmara, por permitir viver agora tranquila e feliz, e sobretudo, por ter criado as condições de mobilidade, que o seu filho não tinha antes, dentro da sua própria casa.

No ato da entrega o edil Herménio Fernandes ressaltou, uma vez mais, o compromisso da edilidade em trabalhar para uma melhor inclusão social e para que as famílias vivam com dignidade. É neste sentido, que ainda no decurso das festividades, a CMSM vai entregar mais 4 habitações às famílias do concelho, no âmbito do programa São Miguel valoriza que, até momento, já beneficiou mais de 100 famílias com ligações à rede de esgoto, melhorias das suas habitações e construções de casas de banho.

O arranque das festividades foi marcado também por uma tarde cultural em Achada Bolanha, com palestras sobre inclusão social e dança em vários estilos tradicional e contemporânea.

Enquadrado nas festividades do 20º aniversário do município, o ato que também coincidiu com a abertura do ano académico 2017/18, aconteceu na tarde de ontem, na presença de representantes da BORNEfonden, que tem sido um dos principais parceiros da Câmara Municipal na criação das condições para uma melhor integração das nossas crianças.

O espaço foi estruturalmente remodelado, contando doravante com três casas de banho, uma cozinha, espaço de lazer e uma ampla sala de aula, dignamente equipados.

Os Monitores satisfeitos com as novas condições que o espaço oferece, deixaram apelo à preservação e conservação deste local de aprendizagem infantil, colocado à disposição da comunidade. Preocupação esta partilhada pelo Delegado da Educação do Concelho e pelos representantes da BORNEfonden.

Já o edil, Herménio Fernandes, adiantava aos presentes que na próxima semana entregará a Escola de Cutelo Gomes e Jardim da mesma comunidade, e anunciou para breve a instalação de uma Unidade Sanitária de Base na Ribeira de Principal bem como a restauração do espaço jovem já existente. Tudo isso, para garantir a saúde e bem-estar da população.

As obras iniciaram ontem e dentro de 6 meses a população vai ver concretizada uma das suas principais reivindicações que foi compromisso assumido durante o período eleitoral pela equipa liderada por Herménio Fernandes.

A obra financiada pelo Governo de Cabo Verde através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades – PRRA está a ser executada pela empresa Gama, Engenharia e Construção que garantiu o cumprimento do prazo estipulado.