O município de São Miguel está em festa, comemora o seu 20º aniversário e para dar início às festividades a CMSM entregou, na tarde de ontem, uma habitação social totalmente acabada, com ligação à rede de esgoto, água e eletricidade e adaptada a um dos integrantes da família que é portador de deficiência.

Emocionada, a chefe da família beneficiada, relembrou os episódios em que era acudida pelos vizinhos, na época de chuva, agradecendo a todos pela solidariedade demonstrada ao longo dos anos e, em particular à Câmara, por permitir viver agora tranquila e feliz, e sobretudo, por ter criado as condições de mobilidade, que o seu filho não tinha antes, dentro da sua própria casa.

No ato da entrega o edil Herménio Fernandes ressaltou, uma vez mais, o compromisso da edilidade em trabalhar para uma melhor inclusão social e para que as famílias vivam com dignidade. É neste sentido, que ainda no decurso das festividades, a CMSM vai entregar mais 4 habitações às famílias do concelho, no âmbito do programa São Miguel valoriza que, até momento, já beneficiou mais de 100 famílias com ligações à rede de esgoto, melhorias das suas habitações e construções de casas de banho.

O arranque das festividades foi marcado também por uma tarde cultural em Achada Bolanha, com palestras sobre inclusão social e dança em vários estilos tradicional e contemporânea.

No âmbito do projeto de requalificação da Baía do Porto de Calheta, a Câmara Municipal tem em construção uma “Casa do Mar” que vai albergar uma unidade de produção de gelo, loja de Pesca e Restaurante de madeira no terraço para viagra cost melhor servir o setor da pesca no concelho.

Com este intuito a CMSM assinou hoje, um acordo de parceria com a ABA Empresa para a gestão do espaço. A empresa já está a trabalhar na aquisição dos equipamentos e, em princípio, já no mês de outubro a Casa do Mar vai ter a sua máquina de produção de gelo com capacidade para dar respostas as necessidades dos pescadores, peixeiras, a população de São Miguel e concelhos vizinhos.

Trata-se de um investimento, segundo o edil Herménio Fernandes, muito importante para o desenvolvimento do setor da pesca que vai garantir aos pescadores e peixeiras a conservação dos seus pescados com disponibilização de gelo a qualquer hora, vai dar resposta as demandas na procura dos materiais de pesca e contribuirá para a dinamização da economia local, bem como o setor turístico.

As obras iniciaram ontem e dentro de 6 meses a população vai ver concretizada uma das suas principais reivindicações que foi compromisso assumido durante o período eleitoral pela equipa liderada por Herménio Fernandes.

A obra financiada pelo Governo de Cabo Verde através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades – PRRA está a ser executada pela empresa Gama, Engenharia e Construção que garantiu o cumprimento do prazo estipulado.

Tendo em vista o desenvolvimento do projeto, o Presidente da CMSM, Herménio Fernandes, recebeu, na manhã de hoje, os Diretores da FINERTEC - Energia e Ambiente, para análise do projeto e visita aos possíveis locais para a construção da Central Solar que se pretende de 40 MW.

O edil reforçou a importância e o interesse em receber esse projeto no município de São Miguel que, a concretizar-se, representa um investimento de 40 milhões de euros e permite injetar na rede perto de 70.000 MWh ano de energia elétrica. E por outro lado, sublinha Fernandes, trará benefícios ao nível económico-financeiro, ambiental e vai gerar vários postos de trabalho.