Tendo sido palco do desporto neste domingo, a cidade de calheta acolheu equipas dos Concelhos de Santa Cruz, São Salvador do Mundo, Santa Catarina e Tarrafal para o arranque do Campeonato Regional de Andebol e Basquetebol Santiago Norte.

 

São Miguel, que está a apostar fortemente na promoção do desporto e na prática de atividades físicas, participou nestas competições com 4 equipas de andebol, duas masculinas e duas femininas. O espaço multiuso da paróquia esteve durante todo o dia movimentado com os jogos de andebol, tendo sido aproveitado os intervalos para a entrega dos troféus aos vencedores da competição do ano 2015/16 em que Graciosa de Tarrafal sagrou-se campeã e entrega de diplomas aos recém-formados árbitros de Andebol – uma ação de formação promovida pela Câmara Municipal que contou com representações das diferentes localidades do município.

 

16939520 1133672866755423 1808449168807239085 n 870

 

Muito convívio marcou também este arranque do Campeonato Regional, aliás, sublinha o Presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol, que esta forma de realizar todos os jogos num único concelho tem essa valência de proporcionar momentos de convívio entre os atletas, além de reduzir os custos.

17021871 1133672803422096 4792904907163359112 n 870

 

No período da tarde juntaram-se à festa do desporto as equipas de Basquetebol, também para o arranque do Campeonato Regional que conta com a participação da nossa Seleção.

16996202 1133673050088738 4313748349645622291 n 870

Na sequência do encontro realizado na quarta-feira, 22, na cidade da Praia, o grupo partiu para São Miguel em missão de sensibilização para a integração do município na rede das cidades educadoras, que no momento engloba cerca de 350 cidades, da qual Praia faz parte.

Recebidos por Francisco Cabral, Vereador da Educação, Família e Inclusão Social, que reforçou o interesse do município em integrar a rede das cidades educadoras, José Bastos, assessor da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), sublinhou que o objetivo é aumentar a representatividade, sobretudo das cidades lusófonas e assim dinamizar e promover esta rede.

A nível local os esforços prendem-se com o trabalho conjunto e formação em diversas áreas com destaque para a segurança urbana envolvendo os serviços de bombeiros, fiscalização e polícia municipal - enfatiza o vereador da Câmara de Lisboa, Carlos Castro. Integraram também a comitiva representantes do corpo de bombeiro e da policial nacional de Portugal.

 

16939339 1131602933629083 5189136203753163698 n 870

 

Hoje foi a vez dos alunos do EBI reafirmarem a chegada do carnaval. Os espetadores que encheram as bordas da estrada tiveram dois momentos de festa. É que os polos de Veneza e Ponta Verde deram as mãos, para com alegria, refazer o caminho por onde antes percorreram os pequenos foliões da Escola de Achada Batalha.

Sasi, Emília, Peter Pam, Sininho, Mikey Mouse, Mimi, teve até um esquadrão de ninjas entre os figurinos apresentados. O Rei Momo também mandou ao desfile uma ala de médicos ostentando a bandeira da saúde, uma ala da cultura e uma outra vestida conforme a tradição africana. Juntos clamavam ao respeito pelos Direitos Humanos e, sobretudo, aos das Crianças.

Contrário dos últimos dias, o sol fez-se arder, mas a malta se reacendia aos ritmos badalados que saiam da coluna. Na Zona Norte, os alunos do Liceu de Achada Monte também aproveitaram o dia para desfilar, carregando com eles mensagens de apelo a mais participação dos pais nas suas vidas académicas.

Para já, o domingo será de descanso, na segunda as expetativas giram em torno do desfile da Escola Secundária de São Miguel, que precede os desfiles oficiais na terça, 28.

 

16997960 1132714070184636 2799089868531673767 n 870

16832273 1132714636851246 155137607488753477 n 870

16996202 1133673050088738 4313748349645622291 n 870

Como é da tradição, os foliões mirins foram os primeiros a espalhar magia pelo centro da cidade. Diferente dos anos anteriores, os grupos saíram dos respetivos jardins rumo ao Polivalente da cidade, se concentrando numa só festa. A ideia era garantir que crianças pudessem viver a alegria do Carnaval em segurança e sem esforços de longa caminhada.

Com direito a rei, rainha, príncipe e princesa, não faltou cores na festa, que este ano elegeu como lema: “Colore a vida vivendo a folia”. O desfile arrastou dezenas de pais à Plateia do Polivalente, que sob o olhar atento e admirador acompanharam a alegria da criançada. Houve tempo ainda para um almoço convívio, que muito serviu para reposição de energia.

Em agenda estão os desfiles do Ensino básico, da Escola Secundária de São Miguel e dos grupos oficiais.

 

16939298 1131751776947532 4922579570917693515 n 870

16938680 1131751656947544 6638311308318388925 n 870