É a vez da zona de Cutelo Miranda receber as obras de requalificação urbana e ambiental.

O ato de descerramento da placa, que marca o arranque das obras, aconteceu ontem, tendo sido testemunhada pela população dessa localidade que se mostrou satisfeita, uma vez que esta era uma reivindicação dos residentes e uma promessa da edilidade que hoje está sendo cumprida.

Segundo o Presidente Herménio Fernandes é compromisso da edilidade melhorar o ambiente urbano, a mobilidade, ter espaços verdes e de lazer e melhorar a qualidade de vida das nossas populações, sendo este último o foco da autarquia.

Uma cidade limpa, bonita, atrativa e saudável é a aspiração da equipa camarária, frisou o edil micaelense.

Esta obra, que está orçada em 10 mil contos, é fruto de uma estreita parceria entre a Câmara Municipal de São Miguel e o Governo.

Na data que se comemora o dia mundial do Turismo, 27 de setembro, a Câmara Municipal de São Miguel inaugurou o Posto de Informação Turística (PIT) do município, o terceiro em toda a região norte da ilha.

O ato foi presidido pelo Secretário de Estado Adjunto do Ministro do Estado, Carlos Monteiro, e pelo Presidente da Câmara Municipal, Herménio Fernandes, tendo sido testemunhado pelo Diretor Geral do Turismo e Transportes, Francisco Martins.

O PIT é, segundo o edil micaelense, um investimento sonhado e que fazia falta ao município. Este investimento vai servir como um ponto de promoção do município e da região norte.

Tendo um posto de informação turística no município, teremos mais turistas, com isto mais rendimento para as famílias, sendo o bem-estar das famílias o objetivo último de todos os investimentos no município, concluiu o autarca.

Para o Secretário de Estado Adjunto do Ministro do Estado, Carlos Monteiro, este é mais um passo na melhoria e qualificação de Cabo Verde enquanto destino turístico.

Este servirá para, não somente dar informação, mas também para uma maior diversificação e qualificação do turismo em São Miguel, da região norte e do país, realça o governante.

Este investimento foi financiado pelo Governo de Cabo Verde através do Ministério do Turismo e Transportes.

O ato de consignação e descida das placas para organização dos trabalhos, em Achada Pizarra e Flamengos, de forma repetida, aconteceu ontem, 03 de outubro de 2019, e foi presidido pelo Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas acompanhadas pelo Presidente da Câmara Municipal de São Miguel e pelo reverendíssimo Pe. Saturnino.

Trata-se de uma iniciativa do Ministério da Cultura, que será executada em parceria com o Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Câmara Municipal e Paróquia de São Miguel Arcanjo, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA ), eixo IV, que visa a reabilitação do patrimônio histórico, cultural e religioso.

Para editar esses investimentos, você irá contribuir para dinamizar o turismo religioso e valorizar ainda mais esses espaços muito usados ​​pelas comunidades, já que as faixas vão abranger a requalificação de toda a parte externa e áreas próximas das duas capelas.

O Ministro Abraão Vicente escolheu que trata de duas obras de grande valor histórico, religioso e patrimonial, por isso segue o acompanhamento direto do IPC, por forma a preservar a estrutura arquitetônica e toda a história.

A assinatura do contrato de consignação da obra entre o Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Câmara Municipal de São Miguel (CMSM) e a empresa que vai executar os trabalhos aconteceu a 27 de setembro de 2019, num ato copresidido pelo Secretário de Estado Adjunto do Ministro do Estado, Carlos Monteiro e o Presidente da (CMSM), Herménio Fernandes.

Txam de alecrim é a porta de entrada da cidade, possui uma bela orla marítima e negócios a volta, pelo que, o investimento neste bairro, ressalta o edil, terá um grande impacto no setor turístico, na dinamização do negócio, na qualificação do território e sobretudo na melhoria da qualidade da vida dos moradores.

O Secretário de Estado Carlos Monteiro enfatizou que as obras só têm sentido se contribuírem para melhorar a vida das pessoas, oferecer dignidade e contribuir para o desenvolvimento do país. É com este objetivo que o Governo tem apostado nestas intervenções, em parceria com as Câmaras Municipais, por forma a abranger todas as localidades, aldeias e bairros, e assim promover um desenvolvimento inclusivo e sustentável.

Trata-se de um investimento no valor de doze milhões e trezentos mil escudos que irá transformar por completo o bairro de Txan de Alecrim. A empresa começa a instalar já na segunda-feira para dar início aos trabalhos a 21 de outubro.