Foram artistas de top e milhares de pessoas que fizeram dois dias de grande festa no Estádio Municipal. Após a emoção que se viveu no 1º dia, com excelentes atuações que encantaram e emocionaram o público, o 2º dia foi exuberante.

Denis Graça, que atuou pela primeira vez no concelho, já é o preferido do público. Cantou, encantou, brilhou e emocionou. Ceuzany e Cordas do Sol e Élida Almeida mostraram porque são repetentes. Blacka e Landrick, também estreantes, fizeram bonito. Big Z mostrou porque é o preferido da juventude.

Apollo G, a sensação do momento, tinha a responsabilidade de fechar, perante milhares, o grande momento que se vivia em São Miguel e o fez bem, tendo inclusive causado algum excesso de emoção no público. Mas nada que diminuísse o sucesso que foi Festival Calheta 2018, já que, de acordo com o relatório das autoridades, foi mais um pequeno momento de pânico rapidamente controlado e não se registou nenhum ferido. Inclusive durante todo o festival, houve apenas um único caso de assalto, mas longe do local do espetáculo.

Portanto nota positiva para os dois dias de festival que entra para o grupo dos melhores de Cabo Verde.

Foram duas Unidades Sanitárias de Base, uma de Espinho Branco e outra de Pilão Cão, totalmente reabilitadas e equipadas pela Câmara Municipal de São Miguel com o apoio do Governo de Cabo Verde e BORNEfonden, colocadas ao serviço da população.

Uma viatura e uma moto 0 kms, oferecida pelo Ministério da Saúde ao Centro de Saúde de São Miguel, financiado no âmbito da parceria com a OMS, através do projeto ZICA/BAD.

Portanto, São Miguel tem a partir de hoje melhores condições para garantir com maior eficiência a prestação de um melhor serviço de saúde às populações. Enfatizou o edil, Herménio Fernandes, que anunciou para breve a entrega de mais 3 Unidades Sanitárias de Base, totalizando 5 USBs reabilitadas e equipadas para garantir o direito a saúde perto das pessoas.

O Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, que também corrobora da mesma ideia “a saúde se realiza perto da população” reforçou o compromisso de, nessa forte parceria com a Câmara Municipal, aproveitar a dinâmica que se vive em São Miguel para melhorar cada vez mais a saúde no município, aproximando as infraestruturas de saúde da população, investindo na capacitação dos recursos humanos e aumentando o número de enfermeiros e médicos para o concelho.

Desta vez a beneficiada foi uma família da localidade de Pilão Cão. A câmara Municipal, no âmbito da sua política de melhoria das habitações, por forma garantir dignidade às famílias, fez mais esta intervenção que deixou a família, segundo a representante, duplamente feliz: feliz por poder dormir agora tranquilamente e sobretudo porque as ameaças de chuva passam a ser sinal de esperança.

E a felicidade é ainda maior porque a comunidade de Pilão Cão se encontra em festa. Comemoram hoje a solenidade de São Domingos, o padroeiro da localidade.

Herménio Fernandes também mostrou-se satisfeito por ver a felicidade da família, mas sobretudo porque está confiante que até 2020, com o montante de 71 mil contos disponibilizado pelo Governo de Cabo Verde para construção e intervenções de melhorias nas habitações, conseguirá dar dignidade às famílias do concelho em situação vulnerável.

O ato contou com a presença do Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que no mesmo dia presidiu a inauguração de duas Unidades Sanitárias de Base em Espinho Branco e Pilão Cão, e ainda, entregou uma viatura e uma moto 0 kms ao Centro de Saúde de São Miguel.

São mulheres chefes de famílias, comerciantes que querem dinamizar e aumentar os seus negócios e aprimorar os seus conhecimentos em técnicas de vendas, relacionamento com os clientes, operações de caixa, segurança, higiene e proteção dos produtos, tanto na venda ambulante como no local.

Foram 40 horas de formação que, no entender dos formandos, representam uma grande conquista, uma vez que, sentem mais confiantes e capacitadas para dinamizarem os seus negócios, relacionar melhor com os seus clientes, e sobretudo, aumentar os seus rendimentos.

Para Paulo Santos, Presidente do IEFP, a capacitação dessas mulheres é resultado da boa parceria existente com as câmaras municipais para melhorar o desempenho dos nossos comerciantes, ter as nossas pessoas, independentemente da idade, capacitadas e certificadas, por forma a melhorarem significativamente os seus negócios.

Já o edil, Herménio Fernandes, mostrou a sua satisfação por ver as nossas mulheres cada vez mais empenhadas em aperfeiçoar para servir melhor e reforçou o compromisso de, junto com o IEFP, continuar a promover formações nas mais diversas áreas, anunciando para breve a distribuição de mais um grupo de kits de 1º emprego e rendimento de inclusão, tudo numa lógica de fazer com que as nossas mulheres, os nossos comerciantes, os nossos empreendedores aumentem o volume dos seus negócios e, consequentemente, os seus rendimentos.