Tendo em vista o desenvolvimento do projeto, o Presidente da CMSM, Herménio Fernandes, recebeu, na manhã de hoje, os Diretores da FINERTEC - Energia e Ambiente, para análise do projeto e visita aos possíveis locais para a construção da Central Solar que se pretende de 40 MW.

O edil reforçou a importância e o interesse em receber esse projeto no município de São Miguel que, a concretizar-se, representa um investimento de 40 milhões de euros e permite injetar na rede perto de 70.000 MWh ano de energia elétrica. E por outro lado, sublinha Fernandes, trará benefícios ao nível económico-financeiro, ambiental e vai gerar vários postos de trabalho.

Já é prática deste novo executivo Camarário acompanhar a par e passo o andamento das obras no município.

Herménio Fernandes acompanhado do Vereador Francisco Cabral esteve ontem no terreno a visitar as obras de reconstrução das Unidades Sanitárias de Base de Ribeireta e de Espinho Branco, bem como o trabalho de reforço dos serviços de limpeza, as obras de construção e melhoria das habitações sociais, o Jardim da ribeira de Principal e a Delegação de Achada do Monte.

Hoje, depois de ter regressado do encontro com o Presidente da República, Fernandes procedeu à assinatura do Protocolo de cooperação com o Provedor da Justiça e, logo de seguida, continuou a visita, acompanhado da sua equipa, desta feita nas obras de Porto de Calheta.

Tendo em vista a criação de postos de trabalho e promoção de autoemprego, a CMSM em parceria com o IEFP entregou na manhã de hoje, 5 (cinco) kits de Promoção de autoemprego a 8 (oito) jovens do Município de São Miguel.

São kits compostos por equipamentos, maquinaria e ferramentas básicas para o início de um pequeno negócio, financiados pelas Nações unidas através da OIT e PNUD. A entrega acontece na sequência da formação Empregabilidade e como Planear e Iniciar o seu Negócio (PIN), realizado no mês de Maio, na Câmara Municipal.

No ato da entrega o edil, Herménio Fernandes, sublinhou a importância do emprego para garantir a dignidade dos cidadãos alertando aos jovens que o sucesso não é automático, pelo que, exige uma atitude de assunção de riscos, responsabilidades, sacrifício e perseverança.

Segundo Paulo Santos, presidente do IEFP, esta ação se enquadra num Programa de Apoio Nacional ao Emprego e é aplicado através do Programa de viabilização de Unidades de Negócios e Iniciativas Regionais de Emprego, visando a promoção do rendimento familiar.

Jennifer de Pina, uma das beneficiárias, regozijou-se ao receber os equipamentos que levam a materialização do seu projeto de negócio, augurando que mais jovens sejam contemplados com ações de capacitação e incentivos do género. Os beneficiados vão receber acompanhamento e assistência técnica durante um período de 4 meses.

Com o propósito de manter os nossos emigrantes informados sobre as políticas do desenvolvimento do concelho, os serviços dos bancos, das seguradoras, das embaixadas, das alfândegas e outros serviços relacionados com a emigração, a Câmara Municipal lançou mão a mais um encontro com os emigrantes em férias no município, o 2º deste ano.

O momento foi de partilha de informações, mas também de reencontro e muito convívio.

Os emigrantes mostraram-se satisfeitos com os trabalhos que estão a ser feitos para garantir a qualidade de vida no nosso município, mas também deixaram as suas preocupações sobre os aspetos que devem ser melhorados, com maior ênfase nos serviços das alfândegas e dos consulados, especificamente da França.