São Miguel é um município rural, com sede na Cidade de Calheta de S. Miguel, ocupando uma área de cerca de 90 km² no nordeste da ilha de Santiago. Está encurralado pelos municípios de Tarrafal a norte -do qual se desmembrou, Stª Catarina a oeste, Stª Cruz a sul e mar Atlântico a leste. Dista 40 km da Cidade da Praia.

São Miguel ocupa uma posição privilegiada e estratégica entre os municípios circundantes, pois está centralizado e equidistante dos seus vizinhos. Está melhor posicionado para acolher infraestruturas de porte regionais, como é o caso do PT da Electra. O concelho está dividido em vinte e três zonas/localidades.

São Miguel apareceu logo no rol das Freguesias de Santa Catarina, quando esta foi criada em 1834, no processo de descentralização administrativa da ilha. Santa Catarina na altura responsabilizava pela Administração de Santiago Norte. Mais tarde, em 1917 com a criação do Município de Tarrafal, São Miguel passou a fazer parte desse município juntamente com Santo Amaro.

Passados 79 anos, com o advento da democracia, em 1996 foi elevado á categoria de Município mediante o Dec. Lei nº 11/V/96 de 11/11/96, com sede na Cidade de Calheta de S. Miguel.

O dia do Município é 29 de setembro, data que coincide com a celebração de São Miguel Arcanjo, patrono do mesmo e por conseguinte feriado municipal.