O turismo

São Miguel possui uma diversidade de recursos turísticos, desde os naturais e ambientais (paisagísticos,) aos culturais (romarias e patrimoniais) num território relativamente contido.


Ecoturismo ambiental

Em primeira mão, São Miguel representa uma boa potencialidade para o ecoturismo ambiental no parque natural de Serra Malagueta, nas paisagens de Principal, Xáxa e Gon-Gon, autênticos santuários de biodiversidade. Esta área constitui uma beleza cénica ecológica rara no país, recheada de plantas medicinais e endémicas. A diversidade ecológica não para de fascinar e surpreender um turista naturalista/ecológico. Para esta área pretende-se o turismo de trekking, direcionado para o ambiente, um tipo de turismo ecológico sustentável.

Por outro lado, a beleza natural paisagística de São Miguel com os seus montes e vales preenchidos por pequenas e por vezes isoladas povoações rurais é interligada por uma teia de caminhos pedestres pitorescos que muito bem satisfazem os excursionistas, mediante um roteiro turístico bem definido.

Na cidade desenvolve-se um turismo convencional, suportado por dois hotéis de médio porte, oferecendo mais de 100 (cem) camas. Por toda a cidade estão disponíveis diversos bares e restaurantes, onde os visitantes podem ser bem acolhidos.


Ecoturismo cultural - Os rabelados

São Miguel é também hoje conhecido pela morada dos Rabelados. Inúmeras entidades nacionais e estrangeiras visitam a localidade de Espinho Branco a cerca de 7 km da Vila para conhecer os Rebelados. Vivem numa comunidade de "funcos” separada socialmente, cultivando uma vida religiosa católica antiga com tiques de comportamentos próprios pouco socializantes. O sistema de vida é a pobreza à antiga de Cabo Verde, procurando viver em harmonia com a natureza pura. Toda a construção habitacional é feita de materiais ecológicos locais-palhas, madeiras, ramos, etc. São exímios artesões da cestaria, olaria, bonecas de pano bem como da serralharia. A educação escolar é dispensada e rejeitam o modernismo. Se bem que o modernismo está entrando em força na comunidade e cremos que esta seita esteja numa fase de transição histórica no sentido do seu desaparecimento.


Festas tradicionais em São Miguel

As principais festas tradicionais são Nossa Senhora do Socorro, celebrado no dia 15 de Agosto e São Miguel Arcanjo celebrado no dia 29 de Setembro, ambas na cidade de Calheta. São tradições muito antigas. Mas também por ocasião das festividades em comemoração do dia do município desenrola-se na Vila de Calheta uns dias de Festival de Batuque e Funaná, que traz artistas tradicionais de todos os cantos da ilha de Santiago. São no total umas 16 festas, sendo que 50% concentram nos meses de verão.

Mais, todos os povoados celebram uma festa por ano, em devoção aos Santos:

-1 de Janeiro - Stª Mª Mãe de Deus-Achada Bolanha

-11 de Fevereiro - Nossa. Sr.ª de Lurdes-Saltos Central

-19 de Março - S. José-Pedra Serrado (há 7/8anos) -Março-Cinzas- Tarde Festival em Calhetona na areia

-31 de Maio-Saltos Abaixo

-6 de Maio-Bela Cruz em Espinho Branco/Mato Correia

-8 de Maio - S. Miguel de Maio, na Ribeira de S. Miguel

-20 de Maio - Nossa. Sr.ª de Fátima - João Dias

-13 de Junho - Stº. António em Ribeireta

-24 de Junho - S. João em Ponta Verde

-29 de Junho - S. Pedro em Achada do Monte e Mato Correia

-8 de Agosto - S. Domingos em Pilão Cão

-15 de Agosto - Nossa. Sr.ª do Socorro-Vila de Calheta

-29 de Setembro - Dia Municipal -Vila de Calheta

-8 de Dezembro - Nossa. Sr.ª Imaculada Conceição em Flamengos

-Dezembro, no Domingo seguinte ao Natal-Sagrada Família em Principal


Os patrimónios edificados

São Miguel oferece duas grandes Igrejas: A da ribeira de São Miguel que foi a antiga Igreja Matriz e a da cidade de Calheta, atual Matriz. Todos os povoados têm as suas capelas, mas o destaque vai para as muito antigas capelas de estilo Greco-Romano dos Flamengos (Nossa. Sr.ª de Imaculada de Conceição) e de Achada Pizarra (Nossa. Sr.ª do Socorro). Salientamos que a Capela de Imaculada de Conceição nos Flamengos foi construída pelos antigos proprietários em devoção à água. Anteriormente à missa de 8 de dezembro era conhecida pela missa da água. Pois em Dezembro os rios de água doce estavam a correr. No interior ainda estão em pé algumas casas antigas que podem ser consideradas históricas. Ainda estão visíveis os restos da Abadia de Casa Grande, onde vivia o famoso Sr. Mémé Soares, quem trouxe o primeiro carro para a freguesia. O porto de Calheta, o antigo centro nevrálgico da freguesia constitui um sítio histórico importante.


Comércio

Este setor ocupa uma boa parte da população ativa local. Muitas mulheres vendem produtos diversos, deambulando a pé pelo município. Mantêm-se ainda as pequenas tabernas, essencialmente nas aldeias. No centro urbano a moda vai para os chamados mini mercados, que não deixam de ser tabernas maiores, onde se vende de tudo - lojas de conveniência. Nota-se recentemente a entrada dos chineses nesse negócio, que concorre duramente com os comerciantes locais, levando estes a desistir lentamente do setor.


Indústrias

A produção de aguardente é a aposta forte de São Miguel. Afirmamos sem receio que São Miguel é o maior produtor de grogue na ilha, com mais de vinte (20) estações de produção.

Mais, São Miguel alberga um produtor de aguardente por processos industriais, único no país - a Aguardente Nacional, sedeado em Veneza, que exporta para o exterior a bebida.

Os produtos agrícolas são transformados em doces diversos pela Associação Comunitária de Hortelão. Na comunidade de Ribeireta fabricam-se queijo de cabra, principalmente as senhoras Angelina e Rosa. Muitas senhoras se dedicam à confeção de doces e pastelaria diversos que são sobretudo consumidos pelas crianças.

Inaugurou-se uma dessalinizadora instalada na localidade de Ponta Verde com uma capacidade de 500 M3 diários. Pequenas barbearias e cabeleireiras estão espalhadas pela cidade.


Outros Pontos de interesse

- Serra Malagueta

- Aldeamento turístico Vila Morgana

- Mangue das sete Ribeiras

- Monte Frada

- Mato Correia

- Ponta Talho

- Cume de monte Pousada

- Paisagens de Principal, Xáxa e Gon-gon