• Home
  • Notícias
  • SÃO MIGUEL ACOLHE I ENCONTRO EMPRESARIAL DA DIÁSPORA DE SANTIAGO

SÃO MIGUEL ACOLHE I ENCONTRO EMPRESARIAL DA DIÁSPORA DE SANTIAGO

Visando promover e divulgar as medidas e instrumentos que o Governo vem adotando no país, de modo a facilitar os investimentos das comunidades emigradas; socializar o Estatuto do Investidor Emigrante, bem assim promover um momento para partilha de experiência sobre a realidade do investimento emigrante nos municípios de Santiago, o Ministério das Comunidades, em parceria com o Ministério das Finanças e do Fomento Empresarial e a Câmara de São Miguel, realizou o I Encontro Empresarial da Diáspora de Santiago, sob o lema “Uma janela aberta de oportunidades”.

Para o Presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, este momento figura-se como uma oportunidade de criação de uma plataforma de trabalhado capaz de gerar sinergias entre os poderes públicos nacionais, as empresas privadas e os emigrantes, de modo a que estes últimos possam conhecer as oportunidades e facilidades para o investimento no país.

Em todos os municípios da ilha de Santiago existem instrumentos e oportunidades nos mais diversos setores, permitindo assim a participação ativa dos emigrantes na dinamização da economia da ilha e do país, de modo a criarmos mais riquezas, mais oportunidades de emprego e de acesso ao rendimento para as pessoas que trabalham em Cabo Verde, afiançou o edil.

Faz-se necessário, segundo Herménio Fernandes, que o Governo e as Câmaras Municipais estejam alinhados com aquelas que são as expectativas da diáspora.

Segundo o Ministro das Comunidades, Jorge Santos, é prioridade do Governo e do seu Ministério dar centralidade à diáspora, afiançando que é responsabilidade do Ministério das Comunidades edificar políticas públicas que beneficiam os nossos emigrantes.

O governante reconhece o papel da diáspora no desenvolvimento do país, tanto a nível económico como social, cultural e desportivo, daí a necessidade de manter um diálogo permanente de forma a levar-lhes o ambiente de negócios, visando mostrar-lhes as oportunidades de investimentos no país.

Já o Vice-Primeiro-Ministro e Ministro das Finanças e do Fomento Empresarial, que presidiu o evento, pôs tónica sobre os incentivos que o governo de Cabo Verde tem dado à nossa diáspora.

Olavo Correia fala de isenção dos direitos aduaneiros, crédito fiscal, redução e isenção de impostos, bonificação de juros, isenção de juros na aplicação de depósitos a prazo, isenção do IUP, estatuto do investidor emigrante, entre outros incentivos que facilitam e incentivam o investimento emigrante.

O governante relembra que não há país desenvolvido sem empreendedorismo, daí que Olavo Correia desafia os emigrantes a investir e fazer de Cabo Verde um país desenvolvido.

O I encontro empresarial dos municípios de Santiago contou com a presença de representantes e empresários dos 9 municípios da ilha de Santiago.

Share on facebook
Share on twitter