SÃO MIGUEL TEM AGORA UM POLO DA ESCOLA DO MAR E MAIS UMA UNIDADE DE PRODUÇÃO DE GELO

O ato de inauguração do Polo de Santiago da Escola do Mar, foi presidido pelo Ministro do Mar, Paulo Veiga, na companhia do Presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, e do Presidente do Conselho de Administração da Escola do Mar (EMAR), José Cabral.

O momento foi considerado importante pelo PCA da EMAR, por esta ser a primeira vez que o sistema de formação virado para o mar se ramifica para outras ilhas, fazendo assim de São Miguel o primeiro polo da EMAR. O desiderato é, segundo José Cabral, levar as formações aos jovens.

Da mesma forma, o Presidente da CMSM, Herménio Fernandes, classifica o momento como sendo de grande importância, principalmente para São Miguel, por este ser o realizar de um sonho, o de ter uma escola de formação profissional no município.

A edilidade vem investindo fortemente nas atividades ligadas ao setor do mar e fazia-se necessário uma conjugação entre esses investimentos nas infraestruturas e os recursos humanos, capacitando jovens para uma efetiva exploração do mar e da economia azul, visando uma maior competitividade à escala global.

Para o Ministro do Mar, Paulo Veiga, é crucial Cabo Verde se voltar para o mar. Afinal, o território nacional é 99,3% mar, sendo este o nosso maior tesouro.

São Miguel em especial, segundo o governante, reúne condições importantes passíveis de serem aproveitados para atrair o turismo, podendo ser através da construção de um porto de recreio náutico, de marinas e da prática de desportos náuticos, sendo esses os próximos passos a serem seguidos.

O ato de inauguração do Polo de Santiago da EMAR foi coroado com a entrega de uma unidade de produção de gelo sito na Casa do Mar, um investimento que conta com o cofinanciamento da União Europeia (EU), no quadro do acordo de pesca entre a EU e o Governo de Cabo Verde.